Candombe, Comparsa Cenceribó, Montevidéu – Uruguai

O Candombe emergiu na era colonial como o principal meio de comunicação de africanos escravizados que desembarcavam no porto de Montevidéu, como forma de comunicação, dança e religião.

 

 

Guerreiros Mensageiros de Padre Cícero, Maceió – AL

O Guerreiro Mensageiro do Padre Cícero foi criado em 1963 pelo finado Mestre Venâncio, referência no folclore de Alagoas. Com a morte do Mestre Venâncio, seu filho Petrúcio ficou tomando conta do grupo e convidou André Joaquim para ser o mestre do grupo. O grupo é formado por 22 integrantes, de 14 a 83 anos e ensaia aos sábados.

 

Comunidade Negra dos Arturos, Moçambique, Contagem – MG

A Comunidade Quilombola dos Arturos, negros e descendentes de escravos, que moram junto à sede histórica do município de Contagem, constituem um grupo folclórico-cultural que se preocupa em divulgar as suas tradições por meio da música e danças religiosas de origem africana, e que guardam, ainda, a pureza de suas raízes. Eles têm como característica básica a manutenção da cultura negra, recebida dos ancestrais, que é conservada na experiência do sagrado.

 

 

Mário Lucio, Cabo Verde – África

Mário Lúcio é músico, artista plástico, dramaturgo, poeta e escritor cabo-verdiano. Portador de tantos recursos da criação artística, ele reservou lugar especial à música. Encara a música existencialmente, como se ele-próprio fizesse parte de uma ópera

 

 

Caboclinhos Caetés, Goiana – PE

É uma das mais bela das manifestações populares do Carnaval do Recife. Esses grupos formados por duas fileiras de mulheres, seguidas depois do estandarte e de duas filas de homens a fazerem evoluções que lembram as danças de espada europeias. O colorido de suas vestes, a coreografia de suas danças, a beleza de suas moças em trajes indígenas, vêm enchendo as vistas de todos que assistem suas apresentações.

 Lia de Itamaracá , Ilha de Itamaracá – PE

Senhora de brilho próprio e artista de grande importância no cenário cultural brasileiro, Lia de Itamaracá levou – e continua levando – seu canto e sua dança para os mais distantes recantos do seu país e também já excursionou pela Europa, sempre carregando consigo seu sorriso farto e sua alegria contagiante.